Educação Fiscal ministra palestra para grupo Escoteiro Atalaia do Pantanal

Categoria: Geral, PUBLICAÇÕES | Publicado: segunda-feira, julho 1, 2019 as 16:31 | Voltar

A tarde de atividades das crianças que participam do grupo Escoteiro Atalaia do Pantanal foi marcada por uma atividade diferente no último sábado (29.6). A turma composta por uma faixa etária entre 6,5 e 10 anos participou da palestra ministrada pela equipe da Unidade da Educação Fiscal da Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso do Sul. O encontro ocorreu no Parque Ecológico Anhanduí, no Bairro Aero Rancho.Durante a palestra, os participantes tiveram conhecimentos básicos sobre cidadania fiscal, bem como a importância social dos tributos.

De acordo com uma das integrantes da equipe da Unidade de Educação Fiscal da SEFAZ/MS, Zirleide Barbosa, a palestra fundamentou-se em uma abordagem   simples “ O encontro com a turma dos Escoteiros Atalaia teve um enfoque baseado no cotidiano dos meninos e meninas que acompanham seus pais às compras. A intenção foi de explicar a relação entre a arrecadação de impostos e investimentos públicos, e como ocorre o retorno em atendimento à população”, disse Zirleide Barbosa. Em 2019, a equipe da Unidade de Educação Fiscal da SEFAZ/MS está desenvolvendo a segunda edição projeto “ Conhecendo a Alfandega”, que envolveu ao todo 30 escolas públicas (15 municipais e 15 estaduais). “O projeto Conhecendo a Alfandega está ocorrendo com sucesso. Diante disso nos sentimos confortáveis em atender convites de palestra para diversos públicos, os quais podemos falar sobre a importância dos tributos, controle social bem como o exercício da cidadania”, acrescentou.

Para a coordenadora da equipe “Lobinhos” do grupo Escoteiro Atalaia do Pantanal, Daiana Martins, a palestra foi gratificante. “ Eu acho importante o jeito que vocês abordam, porque é uma linguagem voltada para eles. Para eles conseguirem entender alguma coisa.  E eles comentam depois com os pais”, afirma.Conforme a mãe de um dos integrantes da equipe Lobinhos,  a voluntária Sandra Mara Ferreira Ferro acredita que essa é uma oportunidade ímpar para os participantes. “Eu não tive essa oportunidade que meu filho e as outras crianças estão tendo de saber o que é imposto, de saber o que é ICMS, para onde vai o dinheiro, e que nós mesmos pagamos os impostos.  Então, eu acredito que o papel da educação fiscal é muito importante, nesse sentido, para a gente ter um futuro melhor, para gente ser um cidadão mais consciente, e não deixar acontecer o que está acontecendo hoje. Eles[ crianças], futuramente, têm que cobrar o que é de direito e fazer o que é certo.  É isso que eu acho que deve ser feito”, disse Sandra Mara.Estiveram presentes  as chefes dos Lobinhos Daiana Martins Wesan Nadia de almeida Vico,  o coordenador geral do grupo Escoteiro Atalaia do Pantanal,  Juber de Jesus Severino, e a pedagoga e integrante da Unidade de Educação Fiscal, Maria Masae Shirota.

 

 

Publicado por: Ana Mendes

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.